terça-feira, 15 de novembro de 2011

Ducati 1199 Panigale


Descubra todos os segredos do novo motor inovadora:. o motor mais potente dois cilindros já produzido .A espera está quase no fim, a Ducati 1199 Panigale em seu caminho.

A nova geração de Superbike será apresentado no Salão de Motos Internacional EICMA em Milão 10-13 novembro.

O novo modelo não só vai proporcionar um desempenho recorde, design de tirar o fôlego e inovação técnica, mas também rompe com a nossa tradição Superbike adicionando um nome à sua capacidade de motor de 1199cc, fazendo uma associação significativa e quente para as suas raízes históricas na Borgo Panigale (pronuncia-se " Pan-ee-gah-lee "área) de Bolonha. Em um território italiano conhecido como "Motor Valley" e onde o alto desempenho e corridas corre nas veias de seu povo apaixonado, decidimos enfatizar nosso orgulho em ser embaixadores do mundo para o "Made in Italy" pelo título imortalizando nossa cidade natal na nome do melhor sportsbike já construído.




A Ducati apresentou nesta segunda-feira (7), em Milão, na Itália, a nova 1199 Panigale. De acordo com a marca, a esportiva é a moto em produção de larga escala com melhores relações peso-potência e torque-potência do mundo, com peso a seco de 164 kg. O motor Superquadro de 2 cilindros e 1199 cm³ é capaz de alcançar a potência máxima de 195 cv.

A Panigale é a primeira novidade da 69º edição do Salão de Milão, que ocorre de 10 a 13 de novembro na Itália. A marca italiana antecipou o lançamento da esportiva antes do início da feira, que abre para a imprensa nesta terça-feira (8).


O diretor geral da Ducati, Claudio Domenicali, não exagerou ao afirmar, durante a apresentação da nova superesportiva italiana, que a 1199 Panigale chegou para quebrar paradigmas. Pois diversas soluções de engenharia vistas no novo modelo rompem com o que a fábrica de Borgo Panigale vinha fazendo até então em suas esportivas. O quadro não é treliça, o escapamento não fica sob o banco, a embreagem é banhada a óleo e, além disso, muitas novidades eletrônicas.
A esportiva possui ABS de competição, controle de tração, suspensões com ajustes eletrônicos, acelerador eletrônico, controle de freio motor e quick-shift — sistema que otimiza as trocas de marchas. Seu chassi é do tipo monocoque e diversos componentes da Panigale são derivados das motos de competição da Ducati.


“Sem dúvida, este foi o mais ambicioso projeto na história da Ducati e reforça nossa excelência técnica e nossa paixão pelos nossos produtos. Essa nova motocicleta representa o puro estilo italiano, uma referência para o desempenho e uma nova experiência em termos de segurança e confiança para nossos consumidores na pista ou nas estradas”, resumiu o presidente da marca, Gabriele Del Torchio, na coletiva de imprensa de lançamento da nova 1199 Panigale.

A esportiva chega às lojas europeias no início de 2012 e apresentará três versões: 1199 Panigale, 1199 Panigale S (versão mais esportiva) e 1199 Panigale S Tricolori (com coloração especial). Em relação ao visual, a Panigale inicia uma nova linha entre as esportiva da marca italiana. Seu farol dianteiro segue os conceitos apresentado na Multistrada 1200, a trail de alta cilindrada da marca.
“O novo motor Superquadro é o bicilíndrico mais potente já produzido e representa um novo conceito de integração entre motor e chassi”, disse Claudio Domenicalli, diretor geral da Ducati. Para controlar toda esta força, a Ducati equipou a Panigale com diversos recurso eletrônicos .

Mais eletrônica

Porém a tecnologia embarcada na nova Ducati 1199 Panigale não para por aí. Além da suspensão eletrônica, controle de tração, acelerador ride-by-wire (sem cabos) e freios ABS, a moto conta com um controle eletrônico do freio motor (Engine Brake Control), que ajusta o torque transmitido à roda traseira em reduções de marchas muito bruscas, evitando assim o travamento da roda traseira e melhorando a estabilidade da motocicleta.

Sem falar no novo Ducati Quick Shift, o sistema que permite subir as marchas sem acionar a embreagem ou tirar a mão do acelerador. Agora o sistema permite que o câmbio seja invertido – uma prática comum para o uso em pistas – sem a necessidade da troca do sistema. Uma boa notícia para os consumidores que adquirem uma superbike dessas para rodar somente nas pistas. Também pudera. Onde mais seria possível experimentar todas essas novidades e chegar aos limites dessa revolucionária superesportiva italiana?

Veja como é estruturado o novo motor da Ducati Panigale 1199


Postar um comentário

Leia antes de fazer seu comentário

-Os comentários do blog são moderados
-Só publique comentários relacionados ao conteudo
-Comentários anônimos ou com palavrões não serão publicados
-Não coloque links que não tem nada a ver com o conteudo
-Os comentários não refletem a opinião do autor



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Copyright © Batalha X - Todos os direitos reservados
Design by Batalhax