terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Efeitos da Radiação no Corpo Humano



Quando o ser humano é exposto a pequenas doses de radiação, os efeitos de tais radiações podem não ser percebidos e não oferecem risco a nossa saúde, pois o corpo humano tem a capacidade de substituir rapidamente células que eventualmente tenham sido modificadas ou destruídas. Entretanto, quando nosso corpo é exposto em doses excessivas e durante grande intervalo de tempo, é inevitavelmente fatal, como a exemplo bastante peculiar, o desastre nuclear de Chernobyl, na Ucrânia, em 1986, o mais grave da história, matou 30 pessoas em apenas um mês e foi associado a 1.800 notificações de câncer de tireoide. Atualmente o Japão atravessa a pior crise nuclear desde o acidente na usina soviética. O governo divulgou que pelo menos 20 pessoas foram expostas à radiação que escapou da usina Fukushima, mas não detalhou as circunstâncias ou a gravidade dos casos, porém se sabe que todas os técnicos envolvidos para a contenção do desastres já estão "condenadas".

"Doenças crônicas causadas por alterações no DNA das células se manifestam ao longo de gerações de descendentes de indivíduos expostos à radiação"


A radiação das emitida pelo combustível nuclear se chama ionizante,  e este tipo de radiação emitida (em geral oriundas de fissões de átomos de urânio ou plutônio) tem a propriedade de alterar a carga elétrica dos elementos das células humanas. A extensão dos danos à saúde está em função do tempo de exposição e até da região do corpo atingida. Os pulsos, por exemplo, são mais resistentes à radiação. A medula óssea, ao contrário, é o órgão mais sensível.

Na literatura médica, o câncer é um dos problemas mais associados à radiação. Isso porque a radioatividade bagunça o  'relógio biológico'  das células, fazendo com que cresçam de forma desordenada, originando assim os tumores. Os tumores induzidos pela radiação não aparecem antes de 10 anos a contar das doses recebidas. Em caso de leucemia, o intervalo cai para dois anos. Esse período entre a exposição e o aparecimento do câncer é chamado 'período latente'.

Sabe-se que baixas dosagens não estão relacionadas ao câncer, daí por que são normalmente seguros exames médicos como tomografia, raio-X e mamografia, segundo a Health Physics Society (HPS), uma organização americana especializada nos efeitos da radiação no corpo humano. Mas a partir de uma certa dosagem, a associação entre radiação e câncer aparece.

Postar um comentário

Leia antes de fazer seu comentário

-Os comentários do blog são moderados
-Só publique comentários relacionados ao conteudo
-Comentários anônimos ou com palavrões não serão publicados
-Não coloque links que não tem nada a ver com o conteudo
-Os comentários não refletem a opinião do autor



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Copyright © Batalha X - Todos os direitos reservados
Design by Batalhax