quarta-feira, 9 de maio de 2012

Mudança nas regras da Caderneta de poupança


Mudança nas regras da Caderneta de poupançaO governo federal mexeu nas regras da poupança. A mudança vale para os depósitos que forem feitos a partir do dia 4 de maio. Com a alteração, o atual piso de remuneração da mais tradicional modalidade de investimentos do país, de pelo menos 6,17% ao ano, que é assegurada desde 1861, poderá cair nos próximos meses.

Os depósitos de recursos da caderneta de poupança superaram as retiradas em R$ 1,05 bilhão no dia 3 de março, no mesmo dia em que foram anunciadas mudanças nas regras de remuneração da caderneta de poupança, segundo informou nesta quarta-feira (9) o Banco Central (BC).

Veja perguntas e respostas sobre a mudança:

A poupança passa a render 70% da Selic mais a TR, sempre que essa taxa básica de juros estiver em 8,5% ao ano ou menos. A isenção do imposto de renda e a possibilidade de saque a qualquer momento continuam valendo.

A Taxa Selic se trata de um índice medido anualmente no qual os juros do Brasil se baseiam, ou seja, dependendo da variação da Taxa Selic, os juros praticados por bancos, por exemplo, sofrem alterações. Portanto, pode-se dizer que ela é caracterizada por ser uma taxa básica que é tomada como uma referência pela política monetária do país.

O Copom (Comitê de Política Monetária), é responsável por estabelecer uma meta para a taxa SELIC, que é expressa em forma anual, e consiste em uma média ponderada (que leva em consideração desvios) pelo volume do total de operações de financiamentos ocorridas em um dia, que são propagadas em títulos públicos federais na forma de operações de compromisso.

Mudança nas regras da Caderneta de poupançaA
Taxa Selic 2012 teve considerável redução, o que trás impacto direto na economia do país, impactos sentidos em setores onde são praticados juros baseados nesta taxa, como em financiamento de veículos e cheques.

Tais alterações mal foram sentidas e já se nota reflexo nos setores citados, mais pessoas estão sendo atraídas ao crédito devido a essa redução.

Fórmula para Cálculo

A taxa média ajustada das mencionadas operações de financiamento é calculada de acordo com a seguinte fórmula:

Lj: fator diário correspondente à taxa da j-ésima operação;
Vj: valor financeiro correspondente à taxa da j-ésima operação;
n: número de operações que compõem a amostra.


Mudança nas regras da Caderneta de poupança

Como era o rendimento da poupança?
A poupança "antiga" rendia 6,17% ao ano mais a variação da TR. O investimento na caderneta não paga imposto de renda e pode ser sacado a qualquer momento.

E como fica com as novas regras?
A poupança passa a render 70% da Selic mais a TR, sempre que essa taxa básica de juros estiver em 8,5% ao ano ou menos. A isenção do imposto de renda e a possibilidade de saque a qualquer momento continuam valendo.

O que são a TR e a Selic?
A TR é uma taxa calculada a partir da média de rendimento dos CDBs. Já a Selic é a chamada ‘taxa básica de juros da economia’, definida pelo Comitê de Política Monetária do Banco Central. Hoje, está em 9%.

Quando a regra passou a valer?
As regras valem para o dinheiro depositado na caderneta a partir de 4 de maio.

Mas a regra só vale se a Selic chegar em 8,5%, e agora está em 9%. Como funciona isso?
O dinheiro depositado a partir de 4 de maio vai render 6,17% mais TR, como na regra antiga, até que os juros caiam. Quando isso ocorrer, a remuneração desse dinheiro muda.

E como fica o dinheiro que eu já tenho na poupança?
Para esse dinheiro, não muda nada. O que foi depositado na poupança até 3 de maio continua rendendo 6,17% ao ano mais TR, independentemente do valor da taxa Selic.

Quando eu fizer um saque de uma poupança que eu já tenho, como fica?
Os saques serão feitos prioritariamente do ‘dinheiro novo’, isso é, do que entrou na conta depois da mudança de regras. O ‘dinheiro antigo’, de antes da mudança, só sai da conta se o ‘dinheiro novo’ não for suficiente.

Como o banco vai distinguir o que é depósito "novo" do que é depósito "antigo"?
No extrato bancário, o banco será obrigado a apresentar ao poupador, em separado, o saldo da caderneta que está sob as regras antigas.

O que acontece com o rendimento do "dinheiro antigo"?
O rendimento referentes aos valores depositados até 3 de maio será incorporado ao saldo da poupança "antiga" e passa a render segundo as regras antigas.

Por que o governo resolveu mudar as regras?
O objetivo é permitir a redução da taxa Selic. Como essa taxa é referência para as outras taxas de juros praticadas no país, a queda da Selic deve ajudar a reduzir os juros do crédito e incentivar o crescimento da economia.

O que a Selic tem a ver com a poupança?
Quando os juros caem, cai também o rendimento dos investimentos em renda fixa. Se a Selic cair mais, a renda fixa vai pagar menos que a poupança.

Qual o problema da renda fixa pagar menos que a poupança?
Se isso acontecer, os investidores tendem a sair da renda fixa e ir para a caderneta.

E por que o governo quer evitar a fuga da renda fixa?
A renda fixa ajuda a pagar as dívidas do governo. É como se o investidor estivesse emprestando para o governo. Se esse dinheiro "some", o governo não tem como pagar suas contas.

E se os poupadores evitarem da poupança? Isso também gera problemas?
Segundo especialistas, se houver uma saída em massa da poupança também pode haver problemas. Isso porque o dinheiro da caderneta é uma das principais fontes de recursos para o financiamento da compra de imóveis. Se esse dinheiro “secar”, pode ficar mais difícil financiar um imóvel.

Postar um comentário

Leia antes de fazer seu comentário

-Os comentários do blog são moderados
-Só publique comentários relacionados ao conteudo
-Comentários anônimos ou com palavrões não serão publicados
-Não coloque links que não tem nada a ver com o conteudo
-Os comentários não refletem a opinião do autor



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Copyright © Batalha X - Todos os direitos reservados
Design by Batalhax