domingo, 27 de maio de 2012

Renault Alpine A110-50


Cinquenta anos após sua apresentação no Salão de Paris, o Renault Alpine 110 ganha a primeira releitura, através do conceito A110-50 – que será exibido oficialmente na mesma mostra, em setembro. Produzido entre 1962 e 1977, o Renault Alpine foi o inspirador do Willys Interlagos, primeiro esportivo produzido no Brasil, apresentado no II Salão do Automóvel, realizado no Pavilhão do Ibirapuera, em outubro de 1961.
Renault Alpine A110-50
 O protótipo, no entanto, tem apenas o nome em comum com o antigo esportivo. Sua base, formada por um chassi tubular, veio do Mégane Trophy, enquanto o motor escolhido foi um 3.5 V6, de 400 cavalos e 42,2 kgfm de torque, acoplado a uma transmissão sequencial de seis velocidades. Freios de alta performance, amortecedores e difusores da asa traseira ajustáveis, tração traseira, entradas de ar no teto e a distribuição de peso de 47,8% na dianteira e 52,2% na traseira completam o caráter esportivo do A110-50. A carroceria em fibra de carbono, que faz referência ao conceito DeZir, garante o baixo peso, de 880 kg.
Renault Alpine A110-50
 No visual, o A110-50 se destaca por faróis em LEDs, rodas de 21 polegadas e portas que abrem para cima. O interior, despido de qualquer item de conforto ou luxo, traz bancos do tipo concha, volante multifuncional de base achatada e gaiola de proteção.

A Renault afirma que tenta tornar o A110-50 viável para produção em série.

Renault Alpine A110-50


Postar um comentário

Leia antes de fazer seu comentário

-Os comentários do blog são moderados
-Só publique comentários relacionados ao conteudo
-Comentários anônimos ou com palavrões não serão publicados
-Não coloque links que não tem nada a ver com o conteudo
-Os comentários não refletem a opinião do autor



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Copyright © Batalha X - Todos os direitos reservados
Design by Batalhax